HomeO CasamentoMadrinhas & PadrinhosGLOSSÁRIO DE TECIDOS
Madrinhas & Padrinhos - Mães dos Noivos e Convidados - Moda - Noivas - O Casamento - Trajes

GLOSSÁRIO DE TECIDOS

12/05/2016 By: Isabella Narchi

 

Uma das dúvidas mais recorrentes aqui no atelier, é sobre quais são os tecidos e materiais utilizados na confecção de um vestido. Seja ele de noiva ou de madrinha. Assim, é importante termos um noção básica, para que possamos visualizá-lo e entendê-lo melhor, fazendo assim as escolhas mais acertadas, e que mais se aproximem da nossa expectativa.

Por essa razão, resolvi elaborar um pequeno glossário, esclarecendo e ilustrando, os ítens com que mais trabalho. Alguns atendem mais do que outros o que estamos querendo para o nosso vestido.  Não falarei sobre todos de uma vez! Afinal, são muitos. Então, vou escrever mais colunas falando sobre os outros.

Espero que tenha ajudado a esclarecer um pouco, e que as ajude a optar pelo melhor , isto  é, aquilo que realça mais a beleza de cada uma, e que, ao mesmo tempo, traduza a idéia que tem em mente! 😉

Tafetá: Tecido de seda lustrosa, mais encorpado.

Mantilha: Véu de seda ou de renda. Geralmente, passam de geração para geração. É uma tradição que acontece muito em famílias da realeza. Se a mantilha for bem trabalhada, e melhor que o vestido seja mais liso, para valorizá-la, e não correr o risco de o look ficar muito poluído. Contudo, não há problema se o vestido também apresentar detalhes, desde que estes acompanhem ou ornem com os da mantilha.

Renda: Consiste num trabalho gracioso e delicado de tecido ou malha aberta, com desenhos de várias temáticas (por exemplo, flores), confeccionado com fios diversos, com o fim de enfeitar e enriquecer.

Tule: Tecido leve e transparente de seda ou algodão. Uso muito para conseguir diferentes efeitos e para fazer aplicações.

Brocado: Tecido jacquard com desenhos em alto relevo que são realçados pelo uso de fios de ouro ou prata é derivado da palavra francesa ‘broucart’ que significa ornamentar.

Cetim: Um Tecido que possui aspecto brilhante; é fino, lustroso e completamente liso

Chiffon: Tecido de seda muito leve e transparente

Musselina: (fr. mousseline) Tecido cujo nome deriva da cidade de Moçul onde era produzido. // Tecido de algodão, muito fino, leve, claro e delicado.

Organza: organzina – (it. organdi) Tecido ou musselina muito leve e transparente, com acabamento especial de goma, que lhe dá certa consistência.

Gorgorão: Tecido de seda grossa. Termo geralmente aplicado aos tecidos com efeito saliente

Paetê: (fr. pailletê) Bordados executados com lantejoulas. // Superfície preenchida com muitos pontos brilhantes.

Plissado:  Efeito de pregas sucessivas feitas no tecido, por diversos processos: químicos e a quente.

Shantung:  nome derivado de Chan-Tung, cidade da China, produtora de seda selvagem, sendo que o termo é utilizado atualmente para qualquer tecido grosso de aspecto irregular.

Evasê:  do francês “évasé” diz-se da peça de vestuário que se alarga para baixo, em forma de cone.

isabellanarchi

 

Quinta01021

Quinta0066

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:GLOSSÁRIO DE TECIDOS
  1. Suellen saques da Silva Santos

    Adorei o primeiro vez todo quero ele para mim zarco meu casamento ?

Descontos