HomeO CasamentoBurocracias - Casamento Civil & PactosDiálogo dentro do relacionamento
Burocracias - Casamento Civil & Pactos - O Casamento

Diálogo dentro do relacionamento

28/12/2015 By: Marina Magalhães

Pensando nos temas que eu já escrevi aqui, como Pacto Antenupcial, Regime de Bens e a escolha entre o Casamento ou a União Estável, percebi que todos eles exigem dos casais uma coisa muito importante desde o dia 01 do relacionamento: o diálogo.

Muitas vezes eu (ainda) ouço que, falar sobre pacto pra definir regime de bens antes do casamento é um absurdo, pois já estaria se admitindo a hipótese da separação.

Isso me preocupa bastante, porque, na maioria das vezes, significa que o casal não tem a liberdade necessária para tratar de temas como esse sem que seja motivo de briga.

O diálogo franco sobre qualquer assunto, na minha opinião, é um dos fatores mais importantes na construção do relacionamento saudável, justamente por isso que patrimônio e vida financeira não podem ser tabu. Como, aliás, nenhum outro… Seria muito estranho admitir que não podemos conversar sobre tudo com a pessoa que quer dividir a vida com você…

Além disso, sempre digo que as divergências, quando bem debatidas, são muito positivas, pois dá a oportunidade de um, de outro, ou dos dois, repensarem a sua posição, e assim, crescerem juntos!

Então, não há porque temer certos assuntos, ou associá-los a separação. Muito ao contrário! Os casais que têm tranquilidade para dialogar sobre o que quer que seja, certamente, serão mais unidos e tenderão a superar as dificuldades que o relacionamento traz com mais facilidade. É um exercício muito bom de se fazer…

Desde onde vão jantar no fim de semana até que educação querem dar para os filhos é pauta para o treino do diálogo.

E vale dizer que isso não tem nada a ver com “DR”, que apesar de parecer chato, às vezes, também é necessário.

Discutir a relação é bem diferente de trocar ideias sobre os fatos da vida a dois, mas isso, já é papo para outra coluna!

Escrito por: Marina Anhaia Mello de Magalhães

Advogada especialista em Direito de Família e Sucessões e Psicologia e Psicopatologia Simbólica Jungiana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descontos