HomeO CasamentoFiquei Noiva... e Agora?A Matemática do Amor
Fiquei Noiva... e Agora? - O Casamento

A Matemática do Amor

19/01/2016 By: Nicole Kopenhagen

Existe um assunto quando estamos planejando o casamento que é CHATO mas não conseguimos escapar: decidir qual é o valor estimado confortável para ser gasto nos preparativos do casamento (locação de salão de festa, decoração, DJ, doces, fotógrafo, filme, etc…).

Antes de sair por aí contratando, é necessário estipular um “teto” de quanto a família está disposta a investir.

Esta é uma pergunta MUITO difícil para quem acaba de ficar noiva, afinal, é a primeira vez que lidamos com o assunto casamento e não temos nenhuma noção dos valores atuais do mercado.

De qualquer forma, a questão do orçamento é importante SIM porque, beaseada nisso, você conseguirá traçar a estrutura (espinha) do seu casamento item por item. Digamos que o ‘teto’ de gasto que seus pais te deram não é tão grande; isso te engessa certo!? Você de jeitooo nenhum quer economizar na música e SEMPRE sonhou com o DJ XUXU (inventei nome para ser politicamente correta haha). Você vai ter que abrir mão disso? NÃO. Simplesmente entenda que se você destina uma parte maior para a música, haverá uma parte menor para decoração – ao invés de milhaaaares de orquídeas, use e abuse de folhagens. Assim o que gastou na música, economizou nas flores. Ou seja, você deve decidir o que é realmente importante para você no casamento.

Lógico que sonhamos com TUDO perfeito mas pegue todos os itens e coloque-os em uma lista de importância de 1-10. Isso te ajudará a saber dividir o seu orçamento de forma equilibrada e sem extrapolar. Assim você poupa dinheiro, nervoso, tempo, paciência e principalmente SEUS PAIS e SEU NOIVO. OK!?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descontos