HomeO CasamentoComo é celebrado o casamento em outras culturas
O Casamento - Real Weddings

Como é celebrado o casamento em outras culturas

02/05/2017 By: Nicole Kopenhagen

A tradição do casamento é algo que já existe no mundo há muito tempo. Sempre quando pensamos em alguma celebração, já imaginamos uma noiva vestida de branco, entrando na igreja com o pai, não é?! Porém, as tradições mudam muito em diversos países. Por isso, trouxe algumas curiosidades de como é celebrado o casamento em outras culturas.

Vejam só:

Índia

É na Índia que acontece um dos casamentos mais tradicionais do mundo, ele é bem místico, e um dos elementos indispensáveis é o Menhdi Rat, aquela tatuagem de hena super detalhada nas mãos e nos pés da noiva.

As noivas costumam se vestir de vermelho, nunca de branco, pois dizem que a cor refere-se a morte. Tanto os noivos quanto os convidados, usam roupas bem chamativas e com muito brilho e muitas jóias.

A troca de anel é feito também pelos pés, o noivo coloca um anel no dedo do pé de sua mulher e depois disso, coloca o seu pé direito sobre uma pedra, após feito, a noiva repete o que o marido fez, e então os noivos se dão as mãos e giram em volta de um fogo sagrado por 7 vezes. A celebração costuma durar de 3 a 7 dias.

Israel

Aposto que você já ouviu a frase “Mazel Tov”! Ela vem de uma tradição judaica, onde nos casamentos, são gritados, para desejar boa sorte aos noivos, depois de o noivo quebrar um copo com o seu pé direito. Esse ato simboliza a destruição do Templo em Jerusalém.

No dia do casamento os noivos também fazem um jejum, desde o nascer do sol até o encerramento da cerimônia. Ela é celebrada na cupão, uma espécie de tenda que simboliza o lar que será construído pelo casal. Além disso, todos os homens usam o quipá, aquele chapéu redondo, em cima da cabeça.

Estados Unidos

Sabe aquela rima, ” Something old, something new, something borrowed, something blue”? Ela é seguida a risca nos Estados Unidos, e segundo a tradição, quer dizer que a noiva precisa usar no dia do casamento, algo antigo para simbolizar a continuidade, algo novo para representar a esperança, algo emprestado que significa a felicidade desejada de uma pessoa especial e algo azul, que representa a pureza.

A tradição nasceu na Europa, e até já foi aderido em alguns casamentos no Brasil, mas é na cultura americana que todas as noivas seguem a risca o costume.

Além disso, as bridesmaids e os groomsmen, como são chamados as madrinhas e os padrinhos, se vestem iguais ou pelo menos todos com a mesma cor.

 

 

China

Se aqui a tradição diz que a família da noiva deve arcar com os gastos do casamento, na China é justamente o contrário. A família do noivo é responsável por toda a celebração, inclusive com os presentes, que diz a lenda que quanto mais presente o casal receber, mais sorte terão na vida de casados.

Além disso, na China também é muito comum o vermelho, não só no vestido da noiva, mas como também na decoração e nos convites. Para eles, a cor simboliza o amor e a alegria.

Outra tradição em um casamento chinês, é que os noivos devem tomar uma taça de vinho com mel, com uma fita vermelha unindo os dois copos.

Grécia

A fama que os gregos são muito animados é pura verdade, os casamento na Grécia tendem ir até o amanhecer, com danças, músicas altas e muito comida. A cerimônia começa fora da igreja, com uma benção feita pelo sacerdote, por 3 vezes.

O casamento tradicional, geralmente acontece aos domingos. E uma tradição forte, é a quebra de pratos ao som de músicas folclóricas, para simbolizar a sorte, a prosperidade e afastar os maus espíritos.

Muito diferentes do Brasil, né?!

Beijo!

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descontos